4º dia da Era Trump – 1 dia depois do anunciado passamento do poeta.

Eu ontem ouvi Leonard Cohen porque é raro o dia em que não ouço música e para mim ouvir musica implica sempre um zapping na playlist favoritos. Ele está lá com o Glenn Gould a tocar as variações Goldberg, com Just Like a Woman do Dylan, e o Kind of Blue do Miles, e The Piano has Been Drinking do T. Waits, e o Birdland dos Weather Report. Isto na linha da frente: depois a Truta do Schubert nada no segundo quartil com a Lacrimosa do Mozart e o Bob Marley. É só musica para cotas mas com uma elevada quota de qualidade. Fui criado com o Suzanne em musica de fundo porque a minha irmã tinha comprado o album. Dez anos fazem a diiferença. Sou um dos últimos mohicanos dos sixties. Too young to die, just in time for rock and roll ( pelo menos mentalmente falando; bem a segunda parte, a do rock and roll, com algumas dificuldades por causa de algum imperceptivel excessozinho de peso). Mas cá continuo, com o espirito levezinho e a pensar: muitas coisas de cada vez. PS : dizem que o Leonard Cohen morreu. Palpita-me que está toda a gente enganada.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s